terça-feira, março 22, 2005

O Ridículo Deveria, pelo menos Queimar as Mãos

De José Manuel Fernandes, emérito Director do insuspeito jornal Público, já quase tudo se pode esperar. Ele é director de jornal, professor de Faculdade, comentador político na Televisão e na Rádio e, creio um dia destes, quem sabe, escritor.

O homem, verte saber pelos lábios, é vê-lo falar de política interna é vê-lo perorar sobre politica estrangeira, o homem sabe que se desunha. Mais, o homem tem certezas, certezas inabaláveis.

Vi-mo-lo, defender a causa americana no ataque ao Iraque. A certeza com que defendeu a existência de armas de destruição maciça, a fé inabalável com que aceitou a boa fé dos americanos no estabelecimento da democracia no País, passados meses. De peito feito, defendeu toda a cambada de direita, que em Washington decidia o que era melhor e pior para os outros povos.

De facto passados meses, de se saber toda a embrulhada e embuste que o Americanos criaram para justificar os negócios no Iraque, e deste modo permitir que os amigos facturassem milhões, este senhor, tal como muitos outros não tiveram uma palavra para se assumirem como errados.

Para quem militou na extrema esquerda a auto-crítica é um acto normal, para JMF, isso são águas passadas.

Esta minha, pobre, prosa tem uma objectivo, dar a conhecer o vómito que constitui o editorial do Público de ontem, segunda-feira.

Nele, JMF, elabora o maior dos encómios a um dos maiores reaccionários de que Bush se rodeou, Paul Wolfowitz.

Leiam-no, ao editorial, e vomitem. Nem do Belmiro o JMF diz tais coisas.
O JMF tem pérolas, na prosa, que deveriam ser obrigatórias nos manuais de bajulação. Dizer que o Paul W., tem credenciais para Presidente do Banco Mundial, por ser licenciado em Matemática, é apenas uma.

Ao Público, vou continuar a ler, ao JMF esquecer é o minimo.


1 Comments:

Blogger Luis Moutinho said...

Fantástico! Em Portugal há alguns milhares de candidatos À Presidência do Banco Mundial.

E um candidato (JMF) a uma lobotomia...

para o que produz não faz nenhuma diferença de qualquer maneira!

3/23/2005 12:52 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home

|