segunda-feira, novembro 07, 2005

O Grande "Obreiro" Rui Rio

Não gosto, nem nunca gostei do tipo Rui Rio, é autoritário, arrogante e acima de tudo demonstra uma total inépcia para gerir uma cidade como o Porto.

O Porto é uma cidade tolerante, aberta e que sempre soube pugnar por valores mais altos. Com o 1º mandato de Rui Rio verificamos o completo atropelo a tudo que cheirasse a oposição, fosse ela politica ou clubistica. Foi o arrastar das obras inacabadas da Porto 2001, de modo a esgotar a paciência de todos e assim impôr a sua vontade, foram os despejos do bairro de S. João, foi a medida de internamento compulsivo dos arrumadores, foi a corrida de automóveis na Av. da Boavista, que apenas serviu a sua vaidade, aliás como o confirmou numa entrevista, foram os cortes na actividade cultural, apesar de atribuições de verbas para musica, dita pimba, nos bairros populares, foram os ataques sistemáticos a tudo que cheirasse a cultura, diversos grupos do Porto , passaram a residir em Gaia, foi a forma despodurada como afrontou o Pedro Burmester na Casa da Musica e, foram tantos, mas tantos exemplos, que deveria ser obrigatório os Partidos da Oposição fazerem um exercício de sociologia e tentar perceber como um Homem como ele foi eleito, novamente, e com maioria absoluta.

Na tomada de posse, não deixou de imediatamente marcar o seu estilo, trauliteiro . De imediato enviou um recado ao Primeiro Ministro, para que lhe desse razão no caso do Tunel e que, desta forma, desautorizasse o seu ministro e, mais importante que isso, pura e simplesmente mandasse ás urtigas todas as leis que chumbaram o dito projecto.

Já o disse, num anterior post, e relembro agora que no Porto, infelizmente, apenas os JORNALISTAS, denunciam as arbitrariedades do Rio. Neste aspecto o Público tem-se destacado e, neste fim de semana, denuncia, mais uma, o Rio que não gostou da forma como uma entrevista dada ao Jornal de Noticias, foi tratada, pura e simplesmente ditou que apartir de agora sò entrevistas escritas e depois de ler e aceitar as perguntas.

Ganda Rio. Assim é que é, Homem.Mostra-lhes quem manda. Quem teve a maioria absoluta.
Aos portuenses, desejo-lhes uma boa dose de paciência ou uma elevada cultura civica e deste modo pôr a nú a completa incompetência do homem.

PS: alguém me recorda UMA SÒ obra sua ????? (a av.da boavista, não conta) em qualquer sector.

|