domingo, setembro 26, 2004

Ser (Português)

Se pensas que é agora a tua vez, e não vês que és
100% português, 100% impossível de vencer
o tão dotado, infalível, o mercado estrangeiro
vem de fora - "É verdadeiro!?"
Até o velho 1,2,3,4 passa a ser
one, two, three, four
E depois, não há tempo p'ra aprender
que nem sempre (sem saber) o movimento vem de fora
vem de toda a volta, fura a toda a volta
vem de barco, avião, comboio, imitação
entretanto vai andando, costumado
o povo português, vai perdendo a sua vez.

Sê português, encontra a tua vez
Ser português, ser contra a tua vez

E pensas que é agora que a história vai mudar
o artista Luso-Qualquer Coisa vai dançar
mas mesmo que não caia, vai ser sempre comparado
ainda bem que não está parado é um valor acrescentado
Ainda há muito que fazer por esta causa e rever
rever independentemente como pode ser
como pode ser expressa essa nova novidade
de ser português e ter a sua vez

Sê português, encontra a tua vez
Ser português, ser contra a tua vez

Vai haver um sol nascente na Nação, vai haver, vai haver

Se pensas que é agora a tua vez, e não vês que és
100% português, 100% impossível de vencer
o cobiçado, infalível, o produto importado
chega e já tem mercado
Até o velho 1,2,3,4 passa a ser, quer ser
one, two, three, four
E depois, ninguém quer saber
que nem sempre o movimento vem de fora

Vai haver um sol nascente na Nação, vai haver, vai haver

Hélder Gonçalves, lusoQUALQUERcoisa



1 Comments:

Blogger martelo said...

A história é um ciclo
e a política e´o círculo
as vontades vão mudando
na confusão deste circo

9/27/2004 11:35 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home

|