quarta-feira, dezembro 01, 2004

A Liberdade Também Está a Passar por Ali

Nem só de Portugal nos chegam boas notícias. Em Cuba foi recentemente libertado o jornalista e poeta Raúl Rivero, dissidente político do regime de Fidel de Castro que, há cerca de ano e meio, tinha sido condenado a 20 anos de prisão por delito de opinião. Também os ventos de mudança e liberdade estão a soprar por aquelas bandas.


A propósito da libertação de Raúl Rivero, deixo aqui um forte abraço ao João Tunes que foi daqueles que, na blogosfera, mais tentou divulgar a situação atentatória dos mais elementares Direitos do Homem pela qual estava a passar Raúl Rivero. Primeiro no Bota Acima e depois no Água Lisa João Tunes fez um trabalho militante e persistente, por isso o meu forte abraço para si, meu caro João.

Não há que esmorecer a luta continua, pois ainda existem muitos presos políticos em Cuba e mesmo a situação de Raúl Rivero não está completamente resolvida.

Pela libertação de todos os presos cujo único "crime" é ter opinião estejam eles em Cuba ou noutra parte qualquer do Mundo. Tal como dizia o poeta: "Não há machado que corte a raiz ao pensamento".


2 Comments:

Blogger martelo said...

podem querer, podem pressionar, mas no canto mais recôndito dos miolos não saberão nunca aquela ideia escondida...

12/01/2004 4:55 da tarde  
Blogger Ludovicus Rex said...

¿Veis esa luz amable
que raya en el oriente
cada vez más luciente
en gracia celestial?
Esa es la aurora plácida
que anuncia libertad.
Esa es la aurora plácida
que anuncia libertad.

Coro

Saludemos gozosas
en armoniosos cánticos
esa aurora gloriosa
que anuncia libertad,
libertad, libertad.

Nosotras guardaremos
con ardor indecible
tu fuego inextinguible,
oh santa libertad,
como vestales vírgenes
que sirven a tu altar,
como vestales vírgenes
que sirven a tu altar.

Coro

Saludemos gozosas
en armoniosos cánticos
esa aurora gloriosa
que anuncia libertad,
libertad, libertad.

Haz que en el suelo que amas
florezca en todas partes
el culto de las artes
y el honor nacional.
Y da con mano pródiga
los bienes de la paz,
y da con mano pródiga
los bienes de la paz.

Coro

Saludemos gozosas
en armoniosos cánticos
esa aurora gloriosa
que anuncia libertad,
libertad, libertad.

12/02/2004 1:49 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home

|